Produtores de flores de Tocantins buscam certificação orgâni

05/02/2010

Embora nos últimos anos se constate um crescimento da produção, muitas empresas rurais ainda não se prontificaram a adotar o selo de qualidade

 

Tocantins conta com dois polos de produção de flores tropicais e folhagens. Desde abril de 2009, é desenvolvido no Estado o projeto de Certificação de Flores Tropicais, com duração de 36 meses e adesão de dez propriedades.

 O objetivo é certificar empresas rurais de flores tropicais, folhagens e plantas ornamentais por meio de adequação do atual sistema às normas que regulamentam a produção orgânica.

 Embora nos últimos anos se constate um crescimento da produção, muitas empresas rurais ainda não se prontificaram a adotar o selo de qualidade. Por isso, o Sebrae em Tocantins tem atuado na sensibilização e na conscientização destes produtores, disponibilizando informações, capacitações, oficinas e workshops  e apoiando a implantação deste selo.

 A adoção de um selo de qualidade contribuirá não só para afirmar junto aos consumidores a qualidade do produto, mas também para ajudar na distinção frente à concorrência no mercado.

 Cadeia de produção
Para que um produtor ou propriedade receba a certificação, toda a cadeia de produção deverá ser vistoriada e assegurada a sua atuação em conformidade com os padrões e a regulamentação da agricultura orgânica.

 No Brasil, a empresa reconhecida pela International Federation of Oganic Agriculture Movements (Ifoam), entidade que estabeleceu padrões para a produção orgânica aceitos internacionalmente, é o Instituto Biodinâmico (IBD).  Ele é o responsável pela certificação do grupo de floricultores de Tocantins.

 — Considerando todas as dificuldades que os agricultores do estado enfrentam para produzir flores, folhagens tropicais e plantas ornamentais, a certificação orgânica destes produtos tornou-se uma proposta adequada e necessária — diz a diretora-técnica do Sebrae-TO, Mila Jaber.

Segundo ela, a certificação servirá não só para agregar valor ao produto e melhorar a competitividade, mas também irá permitir a redução dos impactos ambientais, com a adoção de técnicas de manejo do solo e plantas ecologicamente corretas.

Cyclamen | HRR Solutions