Venda para Dia dos Namorados deve superar resultado de 2009

01/06/2010

Os empresários varejistas estão otimistas com as vendas para o Dia dos Namorados, aponta pesquisa da Serasa Experian. Dos 1.010 entrevistados, 54% esperam faturamento maior neste ano em relação a 2009. Entre os restantes, 38% acreditam que devem manter os ganhos e apenas 8% afirmaram esperar queda.

A parcela dos mais otimistas (54%) é a mesma registrada em 2008, e fica abaixo dos percentuais verificados na Páscoa (58%) e no Dia das Mães (60%). A pesquisa aponta ainda para um faturamento 4,2% maior na data neste ano, na comparação com 2009.

O destaque fica por conta das grandes empresas, que têm 80% de seus empresários apostando em aumento nos ganhos com o Dia dos Namorados 2010. O percentual entre as médias empresas foi de 65%, e de 51% entre as de pequeno porte.

Por regiões, os empresários do Centro-Oeste são os mais otimistas (70%) na expectativa de ampliar seu faturamento. Compartilhando da mesma opinião estão os do Norte (68%) e os do Nordeste (65%). Os varejistas do Sul (51%) e do Sudeste (50%) aparecem com uma parcela relativamente menor sobre o acréscimo em seu faturamento.

Presentes

A pesquisa aponta ainda que o celular será o presente mais ofertado, segundo 25% dos entrevistados. Em seguida estão roupas, sapatos e acessórios, para 22%, perfumaria e cosméticos para 19%, flores para 15%, chocolates e doces para 5%, jóias e relógios para 5% e eletrônicos para 4%. Com menor participação aparecem eletrodomésticos (1%), CDs, livros e DVDs (1%), decoração e artigos para casa (1%) e outros (2%).

A pesquisa aponta ainda que a maioria dos emprésarios (59%) acredita que a abertura da Copa do Mundo, um dia antes do Dia dos Namorados, não vai impactar nas vendas para a data.

Cyclamen | HRR Solutions